Dando continuidade a série de encontros inéditos entre escritores que fizeram história no Literatura Mútua, acontece neste sábado (16/09) a partir das 15h na Livraria e Espaço Cultural AMEI (São Luís Shopping) a roda de conversa De Lagoena à Lili Ffrit: os universos fantásticos de Laísa Couto e Jaqueline Morais com a presença das escritoras maranhenses comentando experiências de leitura e escrita em literatura fantástica. A entrada é gratuita e a mediação é da jornalista Talita Guimarães.

“Com os Encontros LM pretendemos celebrar o aniversário do projeto promovendo diálogos inéditos entre escritores que estão produzindo em áreas afins como poesia, literatura fantástica e letras de música cada qual com sua voz, experiência e representatividade geracional singular”, considera Talita Guimarães, responsável pelo Literatura Mútua que há um ano realiza rodas de conversa gratuitas entre escritores contemporâneos em espaços descentralizados de São Luís.

“Tanto a Laísa quanto a Jaqueline bebem na fonte da fantasia para elaborar universos que dialogam com a realidade que conhecemos. As leituras de seus livros nos transportam por jornadas que exigem coragem, bravura, honra e amor, virtudes que amplificam os poderes das criaturas fantásticas e que se relacionam com a capacidade humana também, por isso o diálogo entre as autoras será muito interessante para conhecermos quem são as escritoras da nova geração que estão pensando a literatura fantástica no Maranhão”, destaca Talita.

Além de já ter reunido as poetas Aurora da Graça e Thayná Rosa e promover o diálogo entre Laísa e Jaqueline, a série especial Encontros LM fará a roda de conversa A musicalidade dos poetas-letristas Fernando Abreu e Lúcia Santos no domingo (17/09) às 14h, na AMEI com mediação de Talita Guimarães.

A programação de aniversário do Literatura Mútua acontece dentro da II Feira do Livro do Autor e Editor Maranhense – FLAEMA e conta ainda com a exposição de fotografias “1 Ano de Literatura Mútua” assinada por Talissa Guimarães no Espaço AMEI, entre os dias 08 e 17 de setembro, das 10h às 22h no São Luís Shopping. A programação completa da II FLAEMA está disponível no endereço www.ameiosfl.org/programacao .

SOBRE LM – Projeto literário sem fins lucrativos, idealizado pela escritora e jornalista maranhense Talita Guimarães, que reúne escritores contemporâneos publicados ou não, em rodas de conversa mensais sobre experiências de leitura e escrita desde agosto de 2016 em São Luís. Em doze meses, o Literatura Mútua realizou 30 edições com 22 escritores em rodas de conversa distribuídas por 05 espaços parceiros: Galeria Trapiche, Feira do Livro de São Luís, Biblioteca Municipal do Bairro de Fátima, Centro de Ensino São Cristóvão e Livraria e Espaço Cultural AMEI.

TALITA GUIMARÃES – Nasceu em São Luís-MA (1989), é jornalista, escritora e assistente de direção da série O dia em que nos tornamos terroristas, exibida toda sexta-feira às 4h na TV Cultura. Autora de Recorte! (2015) e Vila Tulipa (2007), agraciado com Prêmio Odylo Costa, Filho no XXX Concurso Literário e Artístico Cidade de São Luís em 2006. Edita o site Ensaios em Foco (www.ensaiosemfoco.com), escreve e ilustra crônicas às quintas-feiras para o Armazém de Cultura (www.armazemdecultura.com) e desenvolve projetos para Cinema e TV Pública em São Luís-MA, onde reside.

LAÍSA COUTO – Natural de São Luís (1987), é graduada em Design de Moda, especialista em Artes Visuais e estudante de Arquitetura e Urbanismo. Teve seu primeiro romance de fantasia, Lagoena – O Portal dos Desejos, publicado em 2014 pela Editora Draco, bem como os contos Clair de Lune e O inverno das rosas. Foi colunista do site Leitor Cabuloso e Escolhendo Livros. É clubista e fotógrafa no Clube do Livro Maranhão. Atualmente reúne poesias quebradas na coletânea Estrela Morta ao Amanhecer no Wattpad, além de outras histórias com finais perdidos. E publica suas ilustrações no perfil instagram.com/ceudenanquim.

JAQUELINE MORAIS – Natural de Pindaré-Mirim-MA, é formada em Letras-Espanhol (UFMA) e reside em São Luís. Autora do romance infanto-juvenil Lili Ffrit e o mundo dos humanos (Giostri, 2017).