[RELEASE]

As inscrições para escritores interessados começaram nesta segunda‑feira (19) e para monitores abrirá na quinta-feira (22). A 10ª Feira do Livro de São Luís (10ª FeliS) acontecerá de 06 a 13 de novembro, no Centro Histórico (Praia Grande).

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) divulgou a Chamada Pública Nº 09/2016 – PMSL/SECULT de seleção pública de propostas para monitoria e a Chamada Pública Nº 06/2016 de propostas de lançamento de livros de autores maranhenses para a 10ª Feira do Livro de São Luís (FeliS), com inscrições abertas a partir desta segunda‑feira (19).

Os interessados em realizar lançamento de livros na Feira deverão comparecer, até o dia 05 de outubro de 2016, à sede da Secult – localizada na Rua do Mocambo, nº 253 – Centro – das 13h às 17h de segunda a quinta-feira, e das 8h às 12h nas sextas-feiras, munidos com ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada pelo proponente, resumo da obra para fins de apresentação no momento do lançamento, um exemplar da obra autografado (que após o lançamento será doado à Biblioteca Pública Municipal José Sarney), publicada no ano de 2016. Serão recebidas 42 propostas de lançamento de obras inéditas até o prazo definido pela Chamada Pública. Caso o número de propostas não atinja o número de vagas disponibilizadas, as propostas de lançamentos e relançamentos de anos anteriores serão aceitas.

A ficha de inscrição está disponível no site da Feira do Livro de São Luís. O resultado será disponibilizado no mesmo site no dia 10 de outubro.

Monitoria – Já os interessados em participar como monitor da Feira do Livro de São Luís deverão comparecer à sede da Secretaria Municipal de Cultura das 9h às 13h a partir desta quinta-feira, dia 22 de setembro, munidos com ficha de inscrição preenchida (que também estará disponível no local), cópia dos documentos pessoais e declaração de vínculo com a Universidade. Poderão participar alunos regularmente matriculados em Instituições de Ensino Superior (IES) públicas ou privadas, que estejam cursando do 2º ao 6º período, de qualquer curso de nível superior. Serão selecionados 150 monitores, por ordem de inscrição, que vão colaborar com a organização da Feira do Livro por turno, com carga horária de atividades de 4 horas. Cada monitor receberá um kit de trabalho e certificado de participação com carga horária de 40h para fins de atividade extracurricular.

Sobre a 10ª FeliS – A 10ª Feira do Livro de São Luís será realizada de 06 a 13 de novembro, na Praia Grande com o tema “Ler a Cidade e suas Memórias”. Este ano, a FeliS homenageará o poeta maranhense Gonçalves Dias – um dos maiores ícones da literatura do país, responsável por consolidar o movimento romântico brasileiro – e conta com uma programação com centenas de atividades gratuitas para públicos de todas as faixas etárias, envolvendo a participação direta de escritores renomados, ilustradores, mediadores da leitura e contadores de histórias, artistas, entre outros convidados.

“Uma década se passou e nada mais merecedor que resgatar as memórias da cidade e da própria Feira, fazendo um passeio histórico e literário por meio do resgate de escritores que já foram patronos do evento, grandes expoentes da literatura que contribuíram e contribuem para a construção de uma sociedade mais consciente de seu papel como formadora de opinião, como Josué Montello, Arthur Azevedo, Ferreira Gullar, José Louzeiro, José Chagas, Nauro Machado, Wilson Marques e Lourdinha Lacroix”, ressaltou a coordenadora geral da 10ª FeliS, Rita Oliveira.

A cada edição, mais de 200 mil visitantes celebram a tradição literária e cultural da capital maranhense. O objetivo do evento é propiciar o maior acesso ao livro, estimular a formação de novos leitores e incentivar as cadeias produtivas em torno do livro e da mediação da leitura.

A 10ª Feira do Livro de São Luís é uma promoção da Prefeitura de São Luís, por meio das Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação (Semed), e tendo como correalizadores o Serviço Social do Comércio (Sesc) e a Associação dos Livreiros do Estado do Maranhão (Alema).